CLIQUE NA FOTO E COMPRE BIQUÍNIS DE QUALIDADE COM PREÇO PARA REVENDER E GANHAR DINHEIRO

CLIQUE NA FOTO E COMPRE BIQUÍNIS DE QUALIDADE COM PREÇO PARA REVENDER E GANHAR DINHEIRO
CLIQUE NA FOTO E COMPRE BIQUÍNIS DE QUALIDADE COM PREÇO PARA REVENDER E GANHAR DINHEIRO

sexta-feira, 27 de julho de 2012

No vôlei de praia, brasileira vê biquíni como um "terno"


26 de julho de 2012  11h05  atualizado às 12h09

Maria Elisa: é tão natural que é como se eu estivesse de terno. Foto: Vagner Magalhães/Terra
Maria Elisa: "é tão natural que é como se eu estivesse de terno"
Foto: Vagner Magalhães/Terra

VAGNER MAGALHÃES
Direto de Londres
Na primeira semana para valer do verão de Londres, as brasileiras Talita e Maria Elisa passam mais de duas horas sob o sol forte acertando as últimas estratégias para a estreia nos Jogos Olímpicos. Com seus biquínis expondo corpos atléticos, elas dizem estar alheias às discussões sobre a vestimenta, em um país em que o vôlei de praia tem pouca projeção, até por conta do clima rigoroso em boa parte do ano.
"É tão natural que é como se eu estivesse de terno. Eu não sinto que estou exposta demais. Acho que são os homens que não se acostumam muito com isso. Prefiro que eles admirem nosso voleibol, mas se forem lá para ver o biquíni, está ótimo, a gente agradece", diz Maria Elisa.
Mais tímida, Talita diz que também não se incomoda de entrar de biquíni em uma quadra lotada. "É nosso uniforme de jogo. É meu uniforme de trabalho. As pessoas podem ir assistir por isso ou não. Eu nem paro e penso. Se estão achando alguma coisa, se é grande ou pequeno, se estão olhando ou não. Eu entro tão focada que não fico nessa", diz ela.
Sobre questões técnicas, Talita diz que a dupla está se acostumando bem com a areia fofa da quadra central em que irão disputar as suas partidas olímpicas. Na arena montada para treinamento em Crystal Palace, foi utilizada a mesma qualidade de areia.
"A gente tem de se adaptar rápido. Se pegar o histórico é sempre assim. Chegamos, treinamos e jogamos. O piso, o vento, interfere um pouco. Nada mais do que normal estar ansiosa para jogar", diz ela.
Maria Elisa, que disputa sua primeira Olimpíada, diz que há uma ansiedade natural pela estreia e que tem conversado com outros atletas que já disputaram os Jogos.
"Tem uma ansiedade natural. Estou ansiosa desde 2009. Se esperam alguma coisa é porque podemos ir adiante", diz ela sobre a possibilidade da disputa por uma medalha em Londres.
Olimpíada ao vivo no Terra
Terra, maior empresa de internet da América Latina, ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta com textos, vídeos, , fotos participação do internauta e repercussão no Facebook. Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012